Google+

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Moça que leiloou virgindade pediu R$ 100 mil, diz dono de prostíbulo

O conhecido "Rei da Noite Paulistana", Oscar Maroni, dono do ex-prostíbulo Bahamas, onde circulavam mais de 150 garotas de programa de São Paulo, exibiu-se ontem depois do término do leilão da virgem catarinense: "Há dois anos, Ingrid Migliorini (a virgem Catarina) ofereceu-se para mim por R$ 100 mil." Maroni disse que a jovem o procurou no Bahamas, que já estava fechado pela Prefeitura de SP sob acusação de ser um prostíbulo de luxo. O segurança do local deu a ela o número do celular do empresário, e o contato foi estabelecido. Segundo Maroni, ele aproveitou um final de semana e foi até o aeroporto de Navegantes, que serve o litoral norte de Santa Catarina. "Pode perguntar para ela. Ela se lembra do meu nome. Passamos um final de semana juntos", contou o empresário. Foto: Reprodução Ontem, quando o leilão acabou, a 'Folha' procurou a moça, que está na Austrália. Ingrid não quis entrar no assunto, mas afirmou que, sim, conhece Maroni. O empresário diz que ele e a virgem foram a um hotel cinco estrelas em Balneário Camboriú, comeu com ela em um restaurante caro e a levou para o quarto. "A gente trocou beijinhos, mas, na hora H, ela insistiu em vender a virgindade por R$ 100 mil", disse Maroni. O empresário explicou porque o ato sexual não aconteceu: "Esse negócio de virgindade é do tempo do meu bisavô, coisa de macho inseguro que precisa garantir a procedência da prole. Estou fora." No final da história, ele dormiu na cama de casal e ela no sofá.
Postar um comentário

Postagem Mensal

Visita à histórica cidade de São José do Norte Homenageada por D.Pedro II com o título de “Mui Heroica Villa” pela coragem do seu povo na batalha de São José do Norte travada nas suas ruas em 1840, na Revolução Farroupilha.

Arquiteto Oscar Décio Carneiro* Inicio na hidroviária do Rio Grande, com embarque na lancha para a pitoresca travessia pelo canal Migu...